Descubra a história por trás do Universal’s Volcano Bay

Descubra a história por trás do Universal’s Volcano Bay

Share this post:

Click here to read in English

Haz clic aquí para leer en español

Quando criamos uma nova atração ou área, sempre partimos de uma história incrível. E mesmo que a criação de um parque aquático temático especial e imersivo já parecesse, por si só, um desafio, a gente sabia que uma história incrível estaria no centro do nosso processo de criação. Seria a onda das nossas piscinas, a boia na nossa atração, a lava no nosso vulcão.

Hoje, eu vou compartilhar com você  a inspiração por trás desse paraíso tropical e te apresentar à tribo Waturi, os nativos habitantes do Volcano Bay.

A criação de um mito


Universal's Volcano Bay
Tudo começou com o deus flamejante, Krakatau. Embora sua ira e fúria dominassem a terra, ele não era capaz de conter o espírito aventureiro de sua filha, Tai Nui. Ela se apaixonou por um nativo chamado Kala e, quando seu pai feroz e protetor descobriu o romance, ficou furioso.  Ele expulsou Kala para o céu, onde ele se tornou a Lua.

Tomada pela tristeza, Tai Nui derramou lágrimas que se transformaram no Mar. Krakatau então percebeu que havia conseguido destruir o que era mais importante pra ele: a felicidade de sua filha. Determinado a reunir os jovens apaixonados, ele estendeu sua mão até a terra e puxou-a em direção ao céu, criando o vulcão do Volcano Bay. Krakatau confinou o resto da sua raiva e orgulho na forma de um espírito de fogo, Vol, e o prendeu bem fundo no vulcão.

Foi dessa forma que o Céu, o Mar e Terra se uniram pra formar o paraíso de Volcano Bay.

A lenda Waturi

Universal's Volcano Bay

Antes de chegarem a Volcano Bay, a tribo Waturi cruzou o oceano em canoas, à procura de um novo lar.
De acordo com a lenda, um peixe mágico chamado Kunuku estava destinado a guiá-los.

Suas viagens os levaram para os cantos mais remotos do Pacífico Sul. E por todos os lugares que passou, a tribo Waturi absorveu os costumes, a música e a arte dos muitos povos que encontrou. Entretanto, infelizmente, eles não conseguiram encontrar Kunuku em lugar algum.

Continuaram sua busca até chegarem ao fim do mundo. E foi lá que encontraram Kunuku brincando nas ondas. Em apenas um dia, Kunuku e os ventos da boa sorte levaram os viajantes à costa do Volcano Bay. Os Waturi sabiam que finalmente haviam encontrado seu lar.

A história da sua chegada

Universal's Volcano Bay

Quando você vier ao Volcano Bay, você será recebido como um membro da família Waturi. Os nativos nunca se esqueceram da bondade e da generosidade que seus ancestrais receberam durante a jornada pelo Pacífico.  E é este mesmo espírito de amizade que eles oferecem aos visitantes do Volcano Bay.

Na sua chegada, você receberá sua própria TapuTapu vestível à prova d’água, projetada específica e exclusivamente para uso no Volcano Bay. Com seus recursos de Virtual Line e TapTu Play, a TapuTapu permite que você viva a época da tribo Waturi e se sinta como um deles, vivendo o estilo despreocupado da ilha.

Por todo o Volcano Bay, você descobrirá uma vibrante mistura da cultura e da arquitetura polinésias vindas do Pacífico Sul, tudo inspirado pelas viagens dos Waturi. Você também encontrará surpresas por todo o parque, incluindo o Vol – o antigo espírito incandescente encarcerado no vulcão Krakatau.

Dica: você terá a oportunidade de falar com Vol dentro do vulcão. Mas terá de encontrá-lo primeiro…

A tribo Waturi acredita em viver intensamente e em criar histórias a partir de aventuras. Mal posso esperar pra que você venha criar suas próprias histórias e  abraçar seu Waturi interior quando o Volcano Bay tiver sua grande inauguração em 25 de maio.

Não deixe de se inscrever pra receber atualizações e fique ligado no blog pra obter mais detalhes sobre o Universal’s Volcano Bay.

Share this post:

Leave a Reply

*